BEM MAIS QUE UM DIA DAS MÃES. SÃO DIAS PELA VIDA DA ANA CECILIA!

“No inicio eu fiquei bem mal, muito abalada. Estava no quinto mês de gestação”. O depoimento é da Camila Lima da Silva Aguiar, 27 anos, casada com Daniel Alves Aguiar e mãe da doce Ana Cecília de 02 anos e 02 meses, diagnosticada com Hemangioma (má formação dos vasos sanguíneos (capilares).

Assim como a super mamãe Camila, centenas de outras mães, cujos filhos têm doenças raras, combateram a depressão com uma poderosa arma: a internet. E foi a internet, mais basicamente o Instagran que possibilitou a Camila conhecer virtualmente muitas outras mamães e também amigas.  E essa troca de informações e de experiências fez crescer amizades que mesmo a longas distancias estimulam umas as outras a pensar no bem comum.  Sim, foi através de um bate papo do grupo do Watsapp de mães e amigas de vários lugares do Brasil, que se criou também uma rede de apoio mútuo, onde dores e alegrias podem ser divididas entre pessoas na mesma situação de vida ou até mesmo para ajudar alguém. Hoje a Hashatag tem um motivo mais especial para elas e o dia das mães também: #doevidaaceci.

As amigas estão juntas e unidas a fim de divulgar e pedir ajuda para o tratamento da pequena Ana Cecilia. A mãe optou seguir em frente e ir à luta dia após dia em prol de um único objetivo: ver a felicidade no rosto de sua filha. E as amigas (mesmo sem se conhecer pessoalmente), optaram em fazer o dia das mães de todas elas diferente e mais humano. Através de uma conversa, choros, o movimento começou a crescer e elas  acreditaram que juntas são mais e vão sim ajudar a família. Ser mãe é isso… é ser presente mesmo que longe. E ser presente é poder ajudar a quem precisa.

A doença: Ana Cecília tem os dois rins dilatados e Hemangioma (má formação dos vasos sanguíneos). A bebe tem o braço direito maior (06 cm de largura) que o esquerdo, e por tal motivo pode chegar a atrofiar se não realizar o tratamento. Outro fator preocupante é que não pode pegar sol, não pode se cortar para não haver sangramento e hemorragias.

O tratamento: A família é residente em Planaltina DF e não tem como custear o tratamento. A pequena esta para fazer a segunda sessão de laserterapia. São 10 sessões, e uma cada custa R$11.050,00 fora passagem, hospedagem, alimentação, exames e remédios, pois é em São Paulo.   A próxima sessão será no dia 28/06/2018 e Ana Cecilia ainda não tem o dinheiro para fazer.

#doevidaaceci: Se você quiser fazer parte dessa corrente e ajudar nossa mãe amiga: Contas Poupança Caixa Econômica Agência 0973 Operação 013. Conta poupança 00068129-9 Daniel Alves Aguiar (papai) Agência 0973 Operação 013. Conta poupança 00016004-3 Camila Lima da Silva (mamãe).

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajude-no-tratamento-da-pequena-ana-cecilia?utm_campaign=whatsapp&utm_content=212701&utm_medium=website&utm_source=social-shares

 

Para mais informações: Mamãe Camila, (61) 995012876 (relatórios médicos).

Por: Gabrielle Robinson Braun (Campo Novo – Rio Grande do Sul)

Mostre Mais
Close