HORIZONTINA: ALARME ANTIFURTO ACIONA EM BANCO E MOBILIZA FORÇAS DE SEGURANÇA

O alarme antifurto da agência Santander de Horizontina liberou fumaça pouco antes do horário de fechamento da porta de acesso aos caixas eletrônicos nesta noite de sábado, dia 22.

As guarnições da Brigada Militar e o Corpo de Bombeiros foram direcionados ao local mas ninguém suspeito foi localizado.  A gerência da agência também esteve no local.

Segundo o que foi apurado por nossa reportagem, a cortina de fumaça foi liberada, o que indica possibilidade de que os sensores de segurança possam ter detectado tentativa de invasão. Quando isso acontece, demora apenas um décimo de segundo até que a central de controle acione o dispositivo que libera a fumaça.

Ela é, na verdade, uma névoa formada por partículas de glicol, substância inofensiva para os seres humanos. O glicol é mantido em tanques ocultos acima do teto da agência bancária. Cada tanque tem capacidade suficiente para vários disparos. A fumaça, de fato, zera a visibilidade no ambiente.

Mesmo com a pouca visibilidade foi possível avistar um cartão magnético preso no dispositivo de uma das máquinas. O proprietário pode tê-lo forçado para liberar, acionando involuntariamente o sistema de alerta contra invasão do equipamento. As imagens do circuito de câmeras devem auxiliar no esclarecimento do fato.

Fonte: Jornal Folha Cidade

Mostre Mais
Close