CAMINHONEIRO É FEITO REFÉM NA BR 158 E TEM CARGA DE SOJA ROUBADA

Antonio Nunes, 35, cresceu sabendo que tinha dois irmãos mais novos perdidos em Blumenau. A mãe entregou os filhos para adoção logo após o nascimento, nos anos 1980, porque não tinha condição de criá-los. Por ser o mais velho, Antonio ficou com a avó.

Foi ela que contou a história da família a Tonho, como é conhecido. Porém, a única informação que o empresário tinha era a data de nascimento dos rapazes. Nem os nomes dos irmãos ele sabia. Embora sempre tenha mantido contato com a mãe biológica, a relação nunca foi de proximidade.

Um caminhoneiro residente no município de Barracão, Paraná, foi roubado na região. Registro policial efetuado hoje na delegacia de pronto atendimento de Ijuí, indica que na noite de ontem ele deixou a carreta que conduzia num posto de combustíveis na BR-158 em Condor. Ao retomar havia um marginal armado dentro dela. Em seguida o bandido colocou uma touca na vítima.

Após, o marginal conduziu a carreta por cerca de 800 metros e posteriormente o caminhoneiro foi colocado dentro de um carro com outros dois bandidos. No carro ele trafegou entre 4o minutos a uma hora. Posteriormente, ficou dentro do automóvel parado por várias horas. Já na manhã deste sábado, 23, o caminhoneiro foi deixado na estrada entre Pejuçara e a BR-285. Logo depois encontrou a carreta abandonada. Os bandidos levaram os 38 mil quilos de soja transportado pelo veículo, mil e 200 reais em dinheiro e o celular do motorista. A vítima havia saído de Ponta Porã, Mato Grosso do Sul, e tinha como destino São Luiz Gonzaga.

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Mostre Mais
Close